FGV Energia, MME, EPE e ANP realizam debate sobre a exploração de recursos de baixa permeabilidade

A FGV Energia juntamente com o MME, a EPE e a ANP realizam no próximo dia 4, das 9h às 18h, na FGV, o seminário "Discussões sobre a exploração de recursos de baixa permeabilidade no Brasil: projeto poço transparente", que pretende desmistificar a exploração de recursos de baixa permeabilidade por fraturamento hidráulico, além de reativar os debates sobre a exploração onshore no Brasil.

O evento vai contar com diversos especialistas do setor de óleo e gás, entre eles José Mauro, diretor da Empresa de Pesquisa Energética (EPE); João Vicente, secretário do Ministério de Minas e Energia; e Felipe Kury, diretor da ANP. Além deles, Frederico Miranda, da Eneva, Alfredo Renault e Silvio Jablonski, da ANP e Fernanda Delgado da FGV Energia estão confirmados, juntamente com representantes da UNB, MMA, CNI e do Ministério Público.

O lançamento do programa REATE (Programa de Revitalização das Atividades de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres) abriu as portas para um mercado quase totalmente novo no país: a exploração recursos de baixa permeabilidade. Por isso, o projeto piloto de poço transparente será um dos assuntos discutidos pelos especialistas.

A revitalização da exploração onshore reacende a necessidade de se discutir, de forma isenta e transparente, a exploração de recursos de baixa permeabilidade no Brasil, assim como aconteceu com o shale gas nos Estados Unidos, que passou a ser exportador de hidrocarbonetos em curto espaço de tempo.

O evento contará com experts internacionais em projetos piloto com sistemas de monitoramento de risco como o Marcellus Shale Energy and Environment Laboratory (MSEEL), assim como empresas de operação onshore e órgãos governamentais estaduais. As inscrições devem ser feitas no site http://fgv.br/eventos/.

Serviço

Discussões sobre a exploração de recursos de baixa permeabilidade no Brasil: projeto poço transparente

Local: FGV – Praia de Botafogo, 190, 12º andar – Botafogo, Rio de Janeiro

Data: 4 de junho de 2018

Horário: 9h às 18h

Inscrições: http://fgv.br/eventos/

Programação:

08:30 – 09:00: Credenciamento

09:00 – 09:30: Sessão de Abertura

Carlos Quintella – Diretor da FGV Energia

José Mauro – Diretor da EPE

João Vicente – Secretário do MME

Felipe Kury – Diretor da ANP

09:30 – 12:00: Mesa 1: Discussões sobre a exploração em reservatório de baixa permeabilidade

09:30 – 10:00 O REATE e a desmistificação da exploração de gás não convencional no Brasil – Fernanda Delgado - FGV Energia

10:00 – 10:30 Geologia e Geofísica do Gás não Convencional no Brasil – Prof. Carlos Souza Cruz – UNB

10:30 – 11:00 Impactos ambientais inerentes às atividades petrolíferas – MMA

11:00 – 11:30 Análise socioeconômica da atividade no Brasil – Rodrigo Garcia – CNI

11:30 – 12:00 Posição do Ministério Público – Nivio de Freitas – MPF

12:00 – 13:30: Almoço e networking

13:30 – 17:00: Mesa 2: Discussões: Projeto piloto – Poço Transparente

MME – Clayton Pontes – abertura da mesa e apresentação do conceito de projeto piloto pelo lado do MME e como isso deve se dar do ponto de vista de transparência e controle (moderador)

MSEEL – Dr. Tim Carr – como foi o desenvolvimento de planos piloto de fraturamento nos EUA que ele acompanhou.

ENEVA – Frederico Miranda – projeto conceitual do poço transparente e seu monitoramento

ANP – Alfredo Renault – como a regulação de PDI pode ajudar e o papel da ANP nesse projeto

ANP – Silvio Jablonski – como a regulação pode ajudar e o papel da ANP nesse projeto

SDE-BA – Paulo Guimarães/Lais Maciel – importância econômica do gás natural para a Bahia

18:00: Encerramento

Fonte: Tn Petróleo Online