Consultor Sênior em Houston

Possui mais de 33 anos de experiência na indústria de óleo e gás. Ocupou posições executivas e de consultoria tanto na Petrobras quanto na multinacional SBM Offshore, sendo as últimas como Vice-Presidente Sênior de Tecnologia e Diretor de Projetos de FPSOs.

Atualmente, ocupa o cargo de Diretor da Câmara de Comércio Brasil-Texas e coordena o seu Comitê de Eventos, representa o Instituto Brasileiro de Petróleo – IBP, coordenando o programa técnico da Offshore Technology Conference - OTC em Houston, e integra o board de projetos da Sociedade Classificadora American Bureau of Shipping - ABS.

Possui mais de 30 publicações e apresentações em Congressos nacionais e internacionais, bem como coordenou a organização de vários congressos da área de Oil and Gas.

Possui ainda certificação em gerenciamento de portfólio de projetos, além de especializações em gerenciamento e administração, em complemento à sua graduação em Engenharia Civil com ênfase em Estruturas, pela UFRJ, e Engenharia de Petróleo pela Petrobras.

No início de sua carreira, ajudou a estabelecer as regras e normas para utilização de embarcações tipo navio como unidades de produção (FPSOs) junto a sociedades classificadoras e à Administração dos Portos. Foi designado pela Petrobras para ser o Coordenador Executivo do Programa de Excelência Operacional, o qual estabeleceu a estratégia e as diretrizes para a operação e projetos de todas as unidades offshore da Petrobras no Brasil, após o naufrágio da plataforma P-36 em 2001.

Em 2006, foi transferido para os Estados Unidos para a implementação do primeiro projeto de uma FPSO em águas americanas, estabelecendo interface com os agentes governamentais americanos para o estabelecimento das regras e diretrizes para utilização deste tipo de unidade nos EUA.

Em 2005, foi condecorado pela Marinha do Brasil e reconhecido como Engenheiro do Ano pela Society of Petroleum Engineers - SPE do Brasil. Em 2012, recebeu o prêmio como Engenheiro do Ano pela Society of Petroleum Engineers - SPE Internacional, ambos pela sua contribuição para a Indústria de Petróleo do Brasil e mundial.

E-mail: