FGV ENERGIA

Membros do Conselho Consultivo


Membro do Conselho Consultivo

O engenheiro de produção e diretor Geral do Centro de Pesquisas de Energia Elétrica – Cepel, desde abril de 2019. Com ampla experiência na área de planejamento energético, Guerreiro iniciou sua carreira em Furnas, onde chefiou a Divisão de Estudos de Projetos de Geração (1985-1992) e o Departamento de Planejamento Empresarial e de Mercado (1992-1997). Posteriormente, já na Eletrobras, foi chefe do Departamento de Estudos de Mercado e Tarifas (1997 a 2000) e do Departamento de Planejamento de Geração e Mercado (2002-2003). Entre 2000 e 2002, exerceu a gerência executiva do Procel.

No Ministério de Minas e Energia (MME), Guerreiro ocupou, dentre outros cargos, a Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético (2003 a 2004). No mesmo período, foi coordenador brasileiro do Grupo de Energia do Mercosul e representante do MME no Comitê Nacional de Recursos Hídricos.

Guerreiro acompanhou de perto a consolidação da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), estatal onde trabalhou por 15 anos, desde sua criação em 2004. Na estatal, foi diretor de Estudos Econômico-Energéticos e Ambientais (2004 a 2015) e, mais recentemente, diretor de Estudos de Energia Elétrica (2015 a março de 2019).


Membro do Conselho Consultivo

Com mais de 30 anos de experiência na indústria de óleo e gás, André Araujo se tornou presidente da Shell Brasil em 2010, período em que a companhia registrou seu maior crescimento em mais de 100 anos de operação contínua no país. Entre as conquistas mais marcantes sob sua gestão, destacam-se a consolidação da joint venture Raízen, a participação no consórcio do megaprojeto de Libra – primeiro sob o regime de partilha de produção no pré-sal brasileiro – e a recente aprovação da combinação com o BG-Group. Em cargos anteriores, André acumulou experiência em diversas áreas de Negócios, tais como a área Comercial e Relações com o Governo, tendo residido em quatro países diferentes. Nascido no Rio de Janeiro, formado em Engenharia Química pela UFRJ e com MBA pelo IBMEC- São Paulo, André também é conselheiro do Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP), do Conselho Empresarial Brasileiro de Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), do Instituto Ethos e do Museu do Amanhã (CONMAM, Rio de Janeiro).


Membro do Conselho Consultivo

Ph.D em Economia pela Universidade de Chicago, Diretor da Escola de Pós-Graduação em Economia da Fundação Getúlio Vargas de 1973 até 1979, Presidente do Banco Central do Brasil de 1980 até 1983 e Presidente da Projeta Consultoria Financeira S/C Ltda. Associada ao NM Rothschild & Sons Limited de 1989 até 1997.

Atualmente é Presidente da Projeta Langoni Consultoria Econômica S/S, consultoria estratégica e análise macroeconômica para cerca de 40 das principais empresas brasileiras, tais como: Brookfield, Norsk Hydro, Pricewaterhouse, White Martins, Visa, Bradesco, SKY e Organizações Globo e Diretor do Centro de Economia Mundial da Fundação Getúlio Vargas. 


Membro do Conselho Consultivo

David Zylbersztajn é formado em engenharia mecânica pela PUC-Rio e doutor em Economia de Energia pela Universidade de Grenoble (França). Foi diretor geral da ANP, Secretário de Energia do Estado de São Paulo e foi membro do Conselho de Administração do Banco do Brasil. Atualmente é professor da Universidade Católica no Rio de Janeiro (PUC-Rio) no Instituto de Energia e sócio sênior da DZ Negócios com Energia.


Membro do Conselho Consultivo

Décio Oddone é um engenheiro eletricista brasileiro. Foi diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis de 23 de dezembro de 2016 a 17 de março de 2020


Membro do Conselho Consultivo

Deputado Federal - 2007 - até a presente data.

Administrador de Empresa, Licenciou-se do mandato de Deputado Federal, na Legislatura 2015-2019, para assumir o cargo de Ministro de Estado de Minas e Energia, a partir de 12 de maio de 2016. Reassumiu em 10 de outubro de 2016. Licenciou-se do mandato de Deputado Federal, na Legislatura 2015-2019, para assumir o cargo de Ministro de Estado de Minas e Energia, a partir de 11 de outubro de 2016. Reassumiu em 25 de outubro de 2016. Licenciou-se do mandato de Deputado Federal, na Legislatura 2015-2019, para assumir o cargo de Ministro de Estado de Minas e Energia, a partir de 26 de outubro de 2016. Reassumiu em 26 de abril de 2017. Licenciou-se do mandato de Deputado Federal, na Legislatura 2015-2019, para assumir o cargo de Ministro de Estado de Minas e Energia, a partir de 27 de abril de 2017. Reassumiu em 02 de agosto de 2017. Licenciou-se do mandato de Deputado Federal, na Legislatura 2015-2019, para assumir o cargo de Ministro de Estado de Minas e Energia, a partir de 03 de agosto de 2017. Reassumiu em 18 de outubro de 2017. Licenciou-se do mandato de Deputado Federal, na Legislatura 2015-2019, para assumir o cargo de Ministro de Estado de Minas e Energia, a partir de 26 de outubro de 2017. Reassumiu em 6 de abril de 2018.


Membro do Conselho Consultivo

Ieda possui mais de 35 anos de experiência internacional em empresas e projetos nos setores de petróleo, gás, energia e infrastrutura. Atuou em posições de liderança por mais de 13 anos na BP plc, em Londres e no Brasil, tendo exercido os cargos de Vice Presidente de New Ventures, Presidente BP Brazil, VP Latin America Gas and VP Market Development BP Solar. Antes da BP, Ieda foi Presidente da Companhia de Gás de São Paulo(Comgas), 1995-1998.

Ieda é membro do Conselho de Administração da Bureau Veritas (França), Grupo Saint Gobain (França), Exterran Corporation (EUA) e Prumo Logística (Brasil). Ieda é Senior Visiting Research Fellow no Oxford Institute for Energy Studies e Senior Adviser da FGV Energia.

É também membro do Conselho da Camara de Comércio Brasil-Grã Bretanha em Londres, diretora na Divisão de Energia do Departamento de Infraestrutura da FIESP e também colunista da Brasil Energia. É membro do Conselho da WILL-Women in Leadership in Latin America, membro do WEF-Chapter Zero ( França) e representa os usuários de energia no Climate Change Citizens Forum da Isle of Man.

Engenheira Quimica pela UFBA, com mestrados em Energia pela USP e Engenharia Ambiental pela Ecole Polytechnique Federale de Lausane. Recebeu o prêmio Veuve Clicquot - Business Woman of the Year – Brasil (2001-2002) e tem dezenas de artigos e trabalhos publicados sobre energia e gás natural.


Membro do Conselho Consultivo

Leticia atualmente é Diretora de Estratégia e Portfolio da Equinor Brasil, onde trabalha desde 2009, tendo sido, por muitos anos, Diretora Jurídica e compliance officer local. Antes de se juntar à empresa, Leticia trabalhou por 9 anos no Veirano Advogados. Leticia é formada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e possui pós-graduação em Direito Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV-RJ).


Membro do Conselho Consultivo

Formado em Administração de Empresas, pela UFPR (1974) e Engenharia Elétrica, pela UFPR (1978); com Especialização em Manutenção de Usinas Hidrelétricas (Eletrobras/UFPE) (1982); Pós-graduação em Materiais para Equipamentos Elétricos, pela Universidade Federal do Paraná - UFPR (1992); e Especialização em Gerência de Manutenção (Eletrobras/PUC-Rio) (1984).

Foi Diretor-Geral Brasileiro da Itaipu Binacional (2017-2018), além disso, entre outras funções, exerceu a função de Presidente da Associação dos Produtores Independentes de Energia Elétrica - Apine (2004-2014); de Diretor Presidente da Companhia Paranaense de Energia – Copel Holding (2015-2017); e como Membro do Conselho de Administração do NOS: (i) representando a COPEL (2015-2017); e (ii) representando a Sociedade Civil (2017-2018).

Atualmente é Diretor Presidente da Delta Energia Assets Managmet – Delta EAM, empresa responsável pela gestão dos Fundos de Investimento FIM CSHG Delta Energia e Delta Energia Strategy; além de Fundador e Membro do Conselho do Fórum das Associações do Setor Elétrico Brasileiro - FMASE; e Membro do Conselho Executivo da FGV - Energia.


Membro do Conselho Consultivo

Marcelo Araujo é formado pelo Instituto Militar de Engenharia, com MBA pela SDE (atual Ibmec), AMP/ISP na Harvard Business School, e formação complementar na Manchester Business School e FDC/INSEAD. Iniciou sua carreira na Shell Brasil onde ficou por 10 anos. Por outros 10 anos, foi diretor comercial e de operações e vice-presidente da Natura. Posteriormente, foi diretor executivo da CSN, Presidente da Divisão de Indústrias do Grupo Camargo Correa, presidente do Grupo Libra e da Marisa Lojas S/A.. Desde Outubro de 2018, é presidente da Ipiranga Produtos de Petróleo S/A e diretor executivo do Grupo Ultra. Também é Presidente do Conselho Consultivo da Associação Nacional das Distribuidoras de Combustíveis (Plural) e Membro do Conselho de Administração do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP). Atuou como presidente ou conselheiro em diversos conselhos de administração: Camargo Correa Holding, Alpargatas (Brasil e Argentina), Santista, Tavex Algodonera (Espanha), Usiminas, Companhia Providência e Fleury, além do Conselho Consultivo da Whirlpool Latin America.


Membro do Conselho Consultivo

Engenheiro Eletricista, formado na Escola de Engenharia da Universidade Federal de Pernambuco, com curso de especialização em Operação e Manutenção de Grandes Sistemas de Potência na Europa e nos Estados Unidos.

Tem 54 anos de atividades no Setor Elétrico. Atuou como Engenheiro e Diretor de Operação na Companhia Hidrelétrica do São Francisco (CHESF), Coordenou dentro do Ministério de Minas e Energia (MME) o Sistema de Abastecimento do Departamento Nacional de Combustíveis (SNE/MINFRA). Foi Diretor de Operação e Presidente Interino da Eletrobrás e Presidente da Eletronorte. Atuou como Secretário Executivo do Programa Nacional de Conservação de Energia (PROCEL), Coordenador do Comitê Executivo do Grupo Coordenador para Operação Interligada (GCOI); Presidente do Comitê Executivo do Grupo Técnico Operacional da Região Norte (GTON), além de participar como Coordenador da Operação dos Órgãos CCON, CMO/CADOP e CODI/ABRADEE. Membro Representante do Brasil no Comitê Internacional de Grandes Sistemas Elétricos (CIGRÉ – França); e Coordenador do Comitê de Administração do Sistema Nacional de Transmissão de Energia Elétrica – SINTREL. Foi representante da Eletrobrás no RE - SEB Reestruturação do Setor Elétrico Brasileiro. Participou como Conselheiro de Administração de grandes companhias do Setor Elétrico – Eletrobrás, Chesf, Eletrosul, Eletronorte, Celpe e Saelpa. Foi Diretor Geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS); participando como Membro da Câmara de Gestão da Crise de Energia Elétrica – GCE; Membro da Câmara de Gestão do Setor Elétrico – CGSE; e Membro do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), vinculado ao Ministério de Minas e Energia (MME). Foi Vice-presidente e Presidente de organismo internacional na América do Sul, a Comisión de Integración Energética Regional (CIER), e Presidente do Centro da Memória da Eletricidade no Brasil.


Membro do Conselho Consultivo

Pós-graduado em Administração Industrial e Engenharia Economica pela UFRJ e Engenheiro Mecânico. Na direção de empresas prestadoras de serviços e operadoras para o setor de petróleo e gás natural, como HRT Africa, Halliburton, ABB, Vetco Gray, e Hughes WKM, acumulou em mais de 35 anos de experiencia, profundo conhecimento em gestão e desenvolvimento de negócios de exploração & produção, construção e logística de plataformas, projeto, fabricação, instalação e manutenção de equipamentos submarinos além de start-ups de operações no Brasil, Angola e Namíbia. Foi Diretor da Agencia Nacional do Petróleo, Gas Natural e Biocombustíveis (ANP) no periodo de Junho de 2006 a Junho de 2010, tendo liderado a criação da Coordenadoria de Conteúdo Nacional, liderado os Programas de Redução de queimas de gás, de Melhoria da Medição Fiscal da Produção, das Rodads de Licitação e Sistema Integrado de MovimentaÇção de produtos. Professor convidado pela Brown University (BIARI - Brown International Advanced Research Institutes); e palestrante nas seguintes universidades: Oxford University, MIT -  Massachussetts Institute of Technology, Columbia University, USP - Universidade de São Paulo, UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro nas quais ministrou aulas sobre O Papel do Regulador; O Exercício da Regulação da Indústria de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis no Brasil; Energias Fósseis e Renováveis, BRICS em Africa, A Experiencia Brasileira no Conteúdo Nacional, etc.


Membro do Conselho Consultivo

Nelson Queiroz Tanure é CEO da PetroRio. Ingressou na companhia em 2014 e participou ativamente dos processos de reestruturação da empresa e de redirecionamento estratégico para investimentos em campos de óleo e gás já em produção, capazes de gerar receita rapidamente, se tornando o CEO em maio de 2018.
Liderou o crescimento da companhia, que realizou as aquisições dos campos de Polvo (bacia de Campos), de 10% do campo de gás Manati (bacia de Camamu-Almada) e do campo de Frade (bacia de Campos).
Nelson é formado em economia pela Boston College/IBMEC.
Trabalhou anteriormente na Docas Investimentos, com participação em projetos de reestruturação e M&A’s em diferentes setores como telecomunicações, infraestrutura e finanças.


Membro do Conselho Consultivo

Presidente de Furnas, Mestre em Direito de Negócios pela (FGV-SP), especialista em Direito Societário pela FGV e especialista em Regulação do Setor Elétrico e Direito Processual e Público (Universidade Católica de Santos-SP). Foi gerente jurídico da Empresa Metropolitana de Água e Energia (EMAE).


Membro do Conselho Consultivo

O engenheiro eletricista Reive Barros foi secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia (MME).  Barros é graduado pela Escola Politécnica de Pernambuco, Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com linha de pesquisa em Gestão de Empreendimentos de Transmissão de Energia Elétrica e Especialista em Administração Estratégica. O ex secretário da SPE consolida 36 anos de experiência profissional, com carreira desenvolvida em grandes empresas do setor elétrico na área de distribuição e transmissão. Antes de ser secretário da SPE do MME, esteve à frente da presidência da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e Diretor da ANEEL.