Indefinido

Descrição: 

Com o grande impacto gerado na economia e na demanda de energia elétrica no Brasil, a pandemia tem refletido em resultados negativos, mesmo com uma maior quantidade de pessoas em casa. O confinamento não tem sido suficiente para suprir a falta de energia gerada pela grande queda no setor industrial e de serviços. Com isso, as previsões para 2020, de forma otimista, apontam que a demanda de energia elétrica no país não deve crescer mais que 4,2%. Quem explica melhor este cenário é a pesquisadora Mariana Weiss, da FGV Energia. Assista agora no FGV - Impactos do COVID-19.

Autoria: 

FGV Energia