• Palestrantes: André Pepitone da Nóbrega – ANEEL; Elisa Bastos – ANEEL; Gustavo Montezano – BNDES; Rose Santos – CCEE; e Rui Altieri – CCEE.

    Moderadores: Paulo Cunha - FGV Energia e Joisa Dutra - FGV Ceri

     

    Em 18 de maio de 2020, foi publicado o Decreto Presidencial n° 10.350 regulamentando a MP n° 950/2020. O referido Decreto dispôs sobre a criação da “Conta-COVID” destinada a receber recursos para cobrir déficits ou antecipar receitas às concessionárias e permissionárias do serviço público de distribuição de energia elétrica, com o intuito de manter a higidez de toda a cadeia do setor elétrico brasileiro.
     
    A normatização da Conta-COVID foi objeto da Consulta Pública n° 35/2020, que teve como finalidade a coleta de subsídios e informações adicionais para o aprimoramento da proposta de Resolução apresentada pela Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL.
     
    Visando a disseminação de informações e o debate sobre o resultado da Consulta Pública da ANEEL, a FGV Energia convida para o Webinar: "Conta-COVID: Medida para socorrer o setor elétrico dos impactos da crise causada pelo Coronavírus", que abordará as principais decisões da Agência Reguladora até o momento, bem como a  contratação das operações de crédito e gestão da Conta-COVID pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE.

     

    Por:
    FGV Energia
    visualizações
  • Palestrantes: Alexandre Zucarato - Diretor de Planejamento da ONS; Celso Silva - VP da Golar; Gustavo Labanca - CEO da TAG; Marcelo Alfradique - Superintendente Ajutno de Gás Natural da EPE; e Symone Araújo - Diretora do Depto. de Gás Natural do MME.

    Moderadores: Paulo Cunha e Magda Chambriard - Consultores Sêniors da FGV Energia

     

    O novo mercado brasileiro de gás, em acelerada transformação e diante da possibilidade de substancial ampliação da oferta decorrente da produção associada, tem na termeletricidade um de seus principais destinos. Desenhar esse mercado atendendo as suas peculiaridades é o desafio posto.

    Para discutir essas e outras questões a FGV Energia convidou os especialistas Alexandre Zucarato, Eduardo Antonello, Gustavo Labanca, Marcelo Alfradique e Symone Araújo.

    Por:
    FGV Energia
    visualizações
  • Palestrantes: Arthur Aragon - Sr. Project Manager / Sr. Consultant na TSB Offshore; Francisco Francilmar - Diretor de Operações da Petrorio; Giovani Loss - Sócio de Mattos Filho Advogados; e Marcelo Castilho - Diretor Interino da ANP

    Moderadora: Fernanda Delgado - Professora e Assessora Estratégica da FGV Energia

     

    Os desafios associados ao tratamento dos campos maduros perpassam por decisões que podem derivar em ações bastante distintas, seja na geração de novos investimentos para ampliação do fator de recuperação do campo, seja pela realização da cessão de direitos com a venda dos ativos para operadores menores, ou mesmo pela devolução do campo com o descomissionamento das instalações.

    A diretoria da ANP divulgou a minuta que regulamenta os procedimentos para apresentação de garantias financeiras e instrumentos que assegurem o descomissionamento de instalações de produção em campos de petróleo e gás natural. Esta se encontra ainda em caráter de consulta prévia. As novas regras ganham ainda mais relevância em meio ao contexto de desinvestimentos da Petrobras. Segundo a ANP, o aumento do número de casos de cessão de contratos trouxe a necessidade de aperfeiçoamento do dispositivo regulatório.

    Visando a disseminação de informações e o debate público, a FGV Energia convidou para o Webinar: Garantias Financeiras para Descomissionamento.

    Por:
    FGV Energia
    visualizações
  • Palestrantes: Aksel Krieger - CEO da BMW; Marcelo Araújo – CEO da Ipiranga; e Plinio Nastari - CEO da DATAGRO

    Moderador: Carlos Quintella – Diretor FGV Energia

    Co-Realização: DATAGRO

    Apoio de Mídia: EPBR

    Derivados de petróleo, biocombustíveis, mobilidade, eletrificação, pandemia, recessão econômica... Há uma nova realidade para o mercado de derivados brasileiro? Para a eletrificação da frota? E para o duplo papel dos biocombustíveis na matriz energética brasileira – energético e ambiental – se altera com essa nova realidade?

    Para discutir essas e outras questões a FGV Energia e a DATAGRO convidaram os senhores Aksel Krieger, Marcelo Araújo e Plinio Nastari.

    Por:
    FGV Energia
    visualizações
  • Palestrante: Guilherme Casarões - Professor da FGV

    Moderadora: Fernanda Delgado - Professora da FGV

    A intercessão entre um fenômeno epidemiológico e uma recessão econômica, com tendências de desbaste de institucionalidades que já estavam ocorrendo, tanto no âmbito interno quanto no internacional, leva a questionamentos sobre as relações internacionais, a posição brasileira e a posição de ditas lideranças globais durante esta crise.

    Para essa discussão nosso MBA convidou o professor Guilherme Casarões, da Escola de Administração da FGV de São Paulo, que nos trará a perspectiva da pandemia da Covid-19, analisando essa crise de crises simultâneas e seus efeitos para o Estado Brasileiro. 

    Por:
    FGV Energia
    visualizações
  • Palestrantes: Adriano Pires – Diretor do CBIE; Anabal Junior - Secretário Executivo da ABPIP; Daniel Hokama – Diretor Geral de Perupetro; e Jose Zapata – Sócio de Holland & Knight Colombia.

    Moderadora: Fernanda Delgado – Professora e Assessora Estratégica da FGV Energia

    Entre os assuntos em pauta nas ações de resposta à crise econômica e sanitária que atingiu em cheio a indústria de óleo e gás estão as medidas emergenciais para socorrer o setor, tomadas pelos órgãos governamentais, em especial para o onshore. Mas, serão essas medidas suficientes?
    Virão elas na velocidade que a urgência da crise exige?
    Como estão atuando outros países latino-americanos, que disputam investimentos internacionais com Brasil?
    No caso da urgência atual, o possível não substitui o necessário, e com esse pano de fundo, a FGV Energia, primando pelo diálogo transparente e a disseminação de informação e conhecimento, convidou representantes do setor petrolífero latino-americano para discutir as medidas adotadas - Brasil, Peru y Colômbia -  para apoiar o setor petrolífero, em especial o onshore.

    Por:
    FGV Energia
    visualizações
  • Palestrante: Francisco Monaldi - Baker Institute Fellow in Latin American Energy Policy at Rice University
    Moderadora: Fernanda Delgado - Professora da FGV Energia

    Aula do MBA em Gestão no Setor de Óleo e Gás da FGV Energia (aula aberta)

    A crise dos preços do petróleo causada em parte pela pandemia da COVID-19 tem efeitos drásticos nos fluxos de entrada de investimentos nos países da América-Latina ricos em recursos naturais não renováveis.

    As discussões do posicionamento da indústria de hidrocarbonetos latino-americana vis à vis esta crise de múltiplas crises causada pela pandemia, eleita como marco histórico para o fim do século XX, está na ordem do dia, e, na América Latina três variáveis críticas contribuem para o entendimento da vulnerabilidade dos países: a dependência das receitas do petróleo, as perspectivas fiscais e o impacto dos preços baixos em investimentos futuros.

    Para discutir a posição de Venezuela, Argentina, Peru, Colômbia e México, o MBA em Gestão em Óleo e Gás da FGV Energia convidou Francisco J. Monaldi, Fellow in Latin American Energy Policy e Director of the Latin American Energy Program do Center for Energy Studies (CES) do Baker Institute for Public Policy da Rice University.

    Assista o vídeo (trechos em inglês e em espanhol).

    Por:
    FGV Energia
    visualizações
  • Palestrantes: Adriano Bastos – CEO BP; Andre Araujo – CEO Shel; Mariano Vela – CEO Chevron; Paulo Henrique Van Der Ven – VP Equinor; Philippe Blanchard – CEO Total; e Roberto Castello Branco – CEO Petrobras

    Moderador: Carlos Quintella - Diretor da FGV Energia

    Apoio de mídia: EPBR

    A natureza da recuperação da demanda moldará a saída da crise do petróleo em 2020. Assim como a descoberta de uma vacina, e a aceleração de tendências tecnológicas pré-existentes em direção a operações mais eficientes. 
    O formato da recuperação da demanda será “o fator chave” na determinação dos resultados futuros dos mercados de petróleo, com muitas variáveis em jogo - principalmente se a demanda voltará ou não aos níveis anteriores a crise.

    Enquanto as empresas buscam saídas com cortes de investimentos, redução de jornadas de trabalho, hibernação de atividades, há uma agenda paralela de compromissos governamentais que podem ajudar ao setor. Não bem como uma tábua de salvação, mas como um alento no resgate de empregos e arrecadação futura de receitas. Fala-se na possibilidade de redução de royalties, fim do contrato de partilha, disponibilidade de crédito, licenciamento ambiental mais expedito, rediscutir o conteúdo local, manutenção do plano de desinvestimentos da Petrobras... Além, claro, da intensificação do investimento em energias mais renováveis em seus roteiros de recuperação econômica, enfatizadas pela aceleração em se estabelecer agendas de baixo carbono.

    Nesse espectro de possibilidades, qual a mais importante para manter o Brasil como ponto central de seus portfólios? E para além dessas medidas, que outras?

    Por:
    FGV Energia
    visualizações
  • Palestrante: Marcio Felix - CEO na EnP Energy Platform
    Moderadora: Fernanda Delgado - Professora da FGV Energia

    “No dia seguinte, a impaciência de Pedrinho chegou ao auge. Aquilo de ficar uma parte da noite sentado, a ouvir as preleções do Visconde, não era com ele. Queria por mãos à obra, abrir logo o poço salvador da pátria” ( Monteiro Lobato, O poço do Visconde).

    Colocar a mão na massa, empreendedorismo, fazer acontecer, imaginar e realizar, produzir energia de forma individual, romper barreiras... ir lá e fazer. Por uma hora e meia os alunos do MBA em Gestão em Óleo e Gás da FGV Energia, Mantenedores e convidados foram brindados com as visões fortalecedoras do mercado petrolífero nacional, destacando o senso de urgência necessário para que o onshore brasileiro seja destaque na produção nacional, trazidas pelo do talentoso Marcio Félix, CEO da EnP Platform e ex-Secretário de Óleo e Gás do MME.

    Por:
    FGV Energia
    visualizações
  • Palestrantes: Anna Paula Lougon Duarte - Technology Director Brasil - Schlumberger; Tamara Garcia Bermejo - R&D Manager, Repsol Sinopec Brasil; e Frances Abbots Queiroz - Technology Manager, Shell

    Moderadora: Fernanda Delgado - Professora e Assessora Estratégica da FGV Energia

    A crise é uma realidade, assim como o derretimento dos preços do petróleo, o colapso da demanda, o esgarçamento dos tecidos sociais, em especial nos centros urbanos. A pandemia marca o fim do século de maior desenvolvimento tecnológico, o século XX. Não é possível criar demanda por petróleo para retomar antigos padrões de preços. Mas é possível desafiar a ciência para nos acostumarmos com o novo padrão de preços deprimidos a partir de novos custos de produção ainda mais baixos.

    Com esse pano de fundo, a FGV Energia convidou para o debate Ana Lougon, Tamara Garcia e Francis Abbots, para discutir ciência e inovação nos mercados de energia.

    Por:
    FGV Energia
    visualizações

Páginas